A Copa, o Brasil e as crianças

Neste Papo de Mãe quero falar um pouco sobre a Copa, nosso país e nossas crianças…

Muita festa, enfeites pelas ruas, carros com bandeiras, feriado e um bombardeio verde amarelo dos canais abertos de televisão.

Dá para fugir? Acredito ser difícil. Mas por que fugiria? Por que colocaria meus filhos numa redoma escura e à prova de som? Parece loucura, mas acredite presenciei pais evitando que seu filho… se envolva com a Copa. Será a melhor decisão?

Nós adultos temos muitos motivos para afastá-los. O maior e mais significativo no momento é a política do nosso país. Um cenário de corrupção, desvios de verbas e compras de votos descaradamente.

Discutimos sobre os gastos extraordinários  dos estádios e nos indignamos com a falta de serviços de qualidade na saúde e educação e nos envergonhamos.

Mas, me bate uma dúvida tremenda sobre essa indignação, afinal sou eu, que tenho meus filhos em escola particular e tenho convênio médico para mim e para minha família que estou preocupada com isto.

É fato que se os impostos que pago fossem revertidos à saúde, educação e outros serviços como deveriam ser, eu não estaria me privando de novas experiências, como viagens e eventos culturais, em detrimento ao oferecimento de escola e médico com o mínimo de qualificação para minha família.

Minha situação à parte, onde estão os “indignados” usuários da educação precária e saúde vergonhosa?

Descobri ontem.

Estavam ocupados, pintando as ruas, pendurando bandeirinhas e comprando camisetas oficiais (custo em média de R$200,00)! Todos torcendo pelo Brasil, num ópio desmedido e cego. Sem generalizar, são pessoas vitimadas de um ciclo cruel de falta de educação, necessidade de distração e pouco discernimento.

Estes “indignados” não se distraem somente na Copa, se distraem no jogo do seu time aos domingos a tarde, nas novelas sequenciadas durante a noite e nas redes sociais onde o mundo é maravilhoso, porém, irreal.

E são também, aqueles que vaiam a presidente e que criticam seu governo! (longe de mim protege-la!)

 

Mas e as crianças?

 

Como boas imitadoras dos adultos, reproduzem as atitudes da família, sem julgar se são boas ou ruins, mas, quem de fato está 100% certo neste mundo incerto?

 

Para sermos certos, temos que tomar consciência dos acontecimentos e dos nossos atos.

Ser pai  e ser mãe responsáveis requer mudanças de hábitos.

Em  dias comuns ou de Copa, se jogo lixo pelo chão, se trapaceio o comerciante, se compro produtos pirateados, se bebo e dirijo,  se desmereço o adversário, se xingo a presidente, se compro ingressos de cambistas, me igualo a falta de caráter dos políticos que tanto critico.

 

Estão certos, aqueles que procuram discernir entre o bem e o mal, aqueles que  conversam e dialogam com seus filhos, que conseguem mostrar o que realmente uma Copa representa ou pelo menos deveria representar, que discutem com eles, mesmo que pequenos, que ser patriota é muito mais que cantarolar o Hino Nacional na abertura do jogo e sim, preocupar-se com o bem comum das pessoas que coabitam nesta nação. Participar da Copa não é proibido, participar é mais uma oportunidade de formar nossos filhos durante a jornada.

10397243_1500224740191586_2591225067181248905_o

Nossos filhos não tem ideia do que é a política em nosso país, mas conhecem muito bem os pais e exemplos que tem em casa.

O que se leva em momentos de Copa são as reuniões de família, a diversão do grito de gol e os exemplos que plantamos nos pequenos. Perder faz parte do processo e ninguém morre por causa disto.

 

Eu assisti ao jogo, torci pelo Brasil, gritei gol, participei da festa, não fui um ET. Mais do que nunca essa Copa me trouxe a lucidez da diferenciação entre  a diversão e indignação política do país. Se critico ou elogio tenho que explicar porque, não posso ser exemplo de contradição, falar uma coisa e viver outra. Tento ser uma torcedora cidadã consciente. Minha indignação com a gestão do Brasil  não pode se resumir aos dias da Copa, mas deve se estender quando exijo, por exemplo, um serviço público de qualidade, uma iluminação adequada da minha rua ou uma conservação do parque que frequento.

Que possamos ser sábios o suficiente para fazer da Copa em nossa casa mais uma oportunidade de refletirmos que cidadãos somos, quais cidadãos queremos formar e que Brasil queremos deixar para nossos filhos, afinal, são só crianças e criança quer mesmo é se divertir!

malucopa

 

E você, o que acha?

 

Abraços,

eu  Luciana Cairo

Luciana Cairo é mãe de três lindos filhos, casada há 21 anos e pedagoga.  Profissionalmente, atuou como professora, diretora escolar e supervisora educacional em grandes instituições como SESI, Colégio Rio Branco e Fundação Bradesco.  É palestrante e atua em Mentoring Educacional e Coaching Familiar.

23 thoughts on “A Copa, o Brasil e as crianças

  1. Luciana, adorei seu texto. É isso aí mesmo! Temos, sim, que ser exemplo para nossas crianças…na Copa, antes e depois dela. Nas urnas, também. Elas vão observar, refletir, guardar alguma coisa naquelas cabecinhas e, conforme forem crescendo, estabelecerão as relações que lhes couberem. Elas ouvem lá fora, conversam com a gente, vêem nossa forma de agir e formulam suas opiniões. Vamos formando gente…abraços.

  2. Obrigada, Ana Carolina!!!
    Nem só de futebol vive o brasileiro!!!
    Abraços!

  3. Pingback: free chat
  4. Pingback: Potager bio
  5. Pingback: Bola Tangkas
  6. 毎日新品ここは人気海外ドラマ 国内ドラマDVDから、アニメDVD Blu-rayまで,韓国ドラマ、アニメドラマ、日本TVドラマ、中国ドラマ。人気DVD特価セール中!全品配送無料。

  7. You are my inhalation, I have few web logs and occasionally run out from post :). “Fiat justitia et pereat mundus.Let justice be done, though the world perish.” by Ferdinand I.

  8. An outstanding share! I have just forwarded this onto a isolated who had been conducting a little homework on this. In addition to he in information bought me dinner simply since I originate it for him… lol. Hence agree to me modify this…. Show gratitude YOU for the meal!! Except yeah, thanx for spending approximately calculate to talk concerning this matter at this juncture by your internet site.

  9. Pingback: superbahis404
  10. Pingback: myspace

Comments are closed.