Do que e como proteger nossas crianças na internet

Bem, é fato consumado que as crianças já nascem com os dedinhos prontos para teclar no celular, tablet ou computador.

A tecnologia faz parte dessa geração e não há possibilidades dos pais adiarem o uso da mesma.
O que fazer então? Acompanhar, orientar e antecipar-se aos possíveis problemas.
Você pode estar lendo este post e perguntando-se, mas do que proteger meu filho?… Ele está dentro de casa e, na maioria das vezes, são apenas jogos.
Acredite, 68% dos pais pensam assim, não acham que o filho poderá passar por uma situação de risco usando a internet.

baby-84627_150

Então, vamos lá! Conheça quatro grandes motivos para se preocupar:

1- Cyberbullying – É o bullying no ambiente virtual. Aproveitando-se da distância física, as agressões e provocações ganham espaço nas redes sociais e até jogos que acontecem online.

2- Child Grooming – É quando alguém se torna próximo da criança para que fique menos inibida a fim de ceder ao abuso ou exploração sexual.

3- Sexting – É a divulgaçãoo de conteúdos eróticos ou sensuais por meios eletrônicos, telefones e web cans, comum entre os adolescentes e que provocam uma tempestade na vida dos envolvidos.

4- Pedofilia – Este desvio de desenvolvimento da sexualidade, caracterizada pela opção por crianças e adolescentes torna-se crime quando envolve a satisfação efetiva, mesmo sem violência. Na internet, ocorre por mensagens instantâneas, via chat, redes sociais e fotologs. O envolvimento pode acabar em:
– abuso online – uso de linguagem sexual, nudez e masturbação diante da webcam;
– pornografia infanto-juvenil online – apresentar, produzir e vender imagens que envolvam crianças ou adolescentes em cenas eróticas;
– aliciamento online – usando ferramentas de bate papo, o adulto convence a criança por chantagem ou sedução a produzir filmes eróticos de si mesma.

browsing-15824_150

Frente a tantas exposições, o que os pais podem fazer? Veja, agora, 10 dicas para proteger seu filho no uso da internet:

1- Mantenha o computador em um lugar onde há circulação de pessoas. A sala é o melhor lugar, pois você pode estar acompanhando facilmente o uso do mesmo;
2- Crie uma pasta de sites favoritos para as crianças já aprovados por você, diga a criança que estes sites podem ser acessados mesmo quando ela estiver sozinha;
3- Crie o hábito de monitorar o histórico das atividades do dia. Para facilitar, ainda mais, crie no seu computador, um usuário para a criança.
4- Combine um período de tempo para o uso da internet, as crianças torcem o nariz, mas criança também precisa correr, pular, brincar…
5- Aprenda a utilizar o controle parental disponível nos computadores e softwares de segurança, assim, você poderá bloquear temas, e limitar acessos em conteúdos impróprios;
6- Ensine à criança que na internet vale a regra – não converse com estranhos;
7- Evite postar fotos das crianças no status público. Ensine-as que não é permitido dizer onde está, o que está fazendo e com quem;
8- Ensine seu filho a desconfiar de links, proíba o download de arquivos quando ele estiver sozinho;
9- Sempre use senhas simples com seus filhos e saiba todas elas, isso é inegociável. Ensine-os que senhas são como chaves, não devem ser dadas a ninguém.
10- Não subestime a capacidade intuitiva de seus filhos – 89 % das crianças entre 6 a 9 anos são ativas no ambiente online; eles podem fazer coisas que você não sabe tecnologicamente, porém, sem maturidade e conhecimento sobre as consequências dos atos em ambiente virtual.(Revista Pais e Filhos)

Vale lembrar que criança precisa brincar e desenvolver-se socialmente. No Brasil, os dados são gritantes, 54% das crianças entre 6 a 9 anos, tem perfil no Facebook, sendo que a idade mínima é de 13 anos, este valor é três vezes maior que a média mundial de 16%. Crianças de cinco anos, acessam a internet, jogam e, muitas vezes, não amarram seus cadarços.
Portanto, fiquemos atentos!!!

Abraços,

eu

Luciana Pires Cairo

Luciana Cairo é mãe de três lindos filhos, casada há 21 anos e pedagoga.  Profissionalmente, atuou como professora, diretora escolar e supervisora educacional em grandes instituições como SESI, Colégio Rio Branco e Fundação Bradesco.  É palestrante e atua em Mentoring Educacional e Coaching Familiar.

19 thoughts on “Do que e como proteger nossas crianças na internet

  1. Pingback: make more money
  2. Pingback: sexy girl
  3. Pingback: buy a vaporizer uk
  4. Pingback: Potager bio
  5. 毎日新品ここは人気海外ドラマ 国内ドラマDVDから、アニメDVD Blu-rayまで,韓国ドラマ、アニメドラマ、日本TVドラマ、中国ドラマ。人気DVD特価セール中!全品配送無料。

  6. I’m impressed, I ought to utter. Really not repeatedly achieve I stumble upon a weblog that’s apiece educative and entertaining, and let me inform you, you have got attain the nail on the head. Your thought is first-rate; the difficulty is something that not as much as necessary personnel are speaking brightly concerning. I am very jovial that I stumbled throughout this in my seek representing something regarding this.

  7. Howdy. Self-same cool blog!! Guy .. Exquisite .. Amazing .. I’ll bookmark your locate and engage the feeds also…I am ecstatic to attain several of use in order here in the article. Gratitude for sharing…

  8. I抦 not sure where you’re getting your information, but good topic. I needs to spend some time learning much more or understanding more. Thanks for wonderful information I was looking for this information for my mission.

  9. Pingback: cars
  10. Pingback: Twitter

Comments are closed.