E A CULPA É DE DEUS?

E A CULPA É DE DEUS

 

Vivemos em um mundo onde acontecem guerras, fome, pestes, terremotos em vários lugares, aquecimento global, esfriamento do amor e uma série de outros fatores.

O homem semeia tudo isso, este não assumindo sua responsabilidade, coloca culpa em Deus ou até mesmo arruma algumas desculpas para não acreditar nele.

Portanto, aquilo que o homem semear, isto também ceifará. Muitas vezes o homem prefere à mentira, o ódio, a arrogância e o amor para si mesmo, prefere não ajudar o próximo, prefere o desmatamento, às vezes até mesmo a poluição do ar contribui para os desastres naturais, que ocorrem em nosso planeta.

Apesar de tudo isso, o homem por não assumir a sua responsabilidade, pode botar culpa no criador do céu e da terra. É comum alguém perguntar: ”Se Deus é perfeito, por que Ele permite que a terra sofra com o aquecimento global?”

Temos uma possível resposta para estas perguntas, já que estamos falando de um homem que não consegue assumir tal responsabilidade sobre este planeta.

Deus deu livre-arbítrio para o ser humano escolher por si só o que deseja, Ele não criou o homem para ser um ”robô”, pois se fosse assim, o homem não teria uma mínima liberdade para escolher o bem e o mal.

A prova disso é que Deus criou Adão à sua imagem e semelhança, este vivia em um jardim. Ele foi ordenado a comer de toda (não todas) a árvore do jardim, menos da árvore do conhecimento do bem e do mal, pois no dia em que comesse do fruto (não tocar e sim comer) morreria.

Porém a esposa de Adão foi tentada e não resistiu, optou pelas tentações e esqueceu-se da ordem de Deus. (A culpa não foi do tentador, pois esta escolheu desobedecer a Deus).

Aquilo foi prova de escolha, ou obedeciam a Deus ou sofreriam os efeitos do pecado.

Quando Deus disse que ”ao comer do fruto morreria”, Deus queria dizer que primeiramente o homem perderia a pureza e morria espiritualmente, por isso não morreu na hora.

Depois da morte espiritual, veio à morte física, até então todos pecaram e foram excluídos da glória de Deus, foram banidos!

E agora? De quem é a culpa? Às vezes o homem escolhe a pornografia, a sensualidade, ceder às tentações e as coisas desta vida. O responsável de tudo isso é o homem.

Se Deus fosse agir como o homem age por vingança, seria injusto e seria dito como vingativo, nada seria para sua glória.

Se tudo é para a glória de Deus, então Deus é paciente, pois no meio de um povo tenebroso, os seus escolhidos estão por lá.

E se os seus escolhidos estão por lá, o próprio Deus está sempre dando oportunidades para os homens se salvarem, para não perecerem para sempre.

Quando falamos de culpa, estamos falando de responsabilidades que estão nos ombros de alguém que cometeu tal delito. Se o homem prefere o pecado, Deus permite que ocorram tais desastres, a fim de que alguns se consertem diante de sua presença. Se os sinais não ocorressem, como diz as Sagradas Escrituras, ninguém se salvaria!

Ninguém sendo salvo, Deus não teria misericórdia daqueles que tanto desejam alcançar a misericórdia. (…)

E se ninguém alcançasse a misericórdia nós não estaríamos aqui contando este relato, pois ninguém se salvaria. Eu daria duas possíveis hipóteses sem a misericórdia de Deus na terra.

1) Se Deus fosse vingativo, o mundo estaria em pleno caos. Não haveria sobreviventes na face da terra, pois a raça humana seria extinta antes de Jesus vir a este mundo.

2) Mesmo que o mundo ainda existisse, se Jesus não viesse a este mundo, o período da Grande Tribulação seria antecipada e ninguém sobreviveria, devido ao pecado.

Talvez o mundo ainda estivesse vivendo nos tempos da lei, porém os sacrifícios a animais seriam vãos…

Então, mesmo Deus tendo misericórdia deste planeta que Ele criou com amor, ainda assim existem as guerras, fome, pestes e terremotos em vários lugares, fora o aquecimento global que está acontecendo no mundo. Pois bem… O homem escolhe aquilo que quer escolher, se for o bem, terá o bem como recompensa, se escolher o mal, terá o mal, pois tudo que o homem planta, ele colhe.

O fato é que com a multiplicação da ciência, o avanço da tecnologia, principalmente a proliferação do pecado, o amor de muitos se esfria, conforme o que diz a bíblia.

Quando os desastres se repetem pelo mundo afora, não é culpa de Deus, é culpa do homem que não soube escolher, preferiu o mal para si mesmo.

 

    Leonardo Ricardo

10602760_800769779973644_294558687_n