MEU BRINQUEDO DE NATAL

MEU BRINQUEDO DE NATAL

Meu pai sem tempo, apenas me dizia

não existir essa história de Noel,

sem ao menos me ouvir, isso que doía!

E que o presente que eu tanto pedia

estava em casa, nem precisava vir do céu.

E o que deixei escrito num pedaço de papel,

o meu sonho tão bonito sem igual?

Colocava dentro da meia, preso a um anel,

pendurado na varanda do quintal.

Meus pensamentos giravam como um carrocel.

Mas o bom velhinho infelizmente nunca apareceu

com suas renas e o trenó de cristal…

De verdade, eu só queria o brinquedo e um abraço seu,

meu velho pai, na noite de natal.

natal

 

 

       Nilton Cabeça

10544493_790481781002444_1106552589_n