TEMPO

sol

Existe um tempo, duradouro ou não, em que a sua Alma imita o Sol que se põe. Você quer ficar só. Ninguém deixa, já temendo a sombra de algum mal maior.

Você que sempre brilhou,  justamente você. Acontece com muita gente, comigo, com o amigo, com qualquer um. É normal, não há motivo de apavoramento. O que importa agora é que você escuta um chamado te pedindo quietude, isolamento, e não é depressão ou pânico. Estamos falando daquele momento no qual você curte estar a sós, para se pôr como o Sol.

Não é depressão, porque depressão é pior que a noite mais escura, fria e longa que a Alma pode ter. Não confunda. Um é prazeroso e o outro insuportável.

Quando sentir que a sua Alma diz ao corpo: – viva uma temporada de exílio, ainda que te executem cobranças não as tomem como fardos em seus ombros. Isso não é problema seu. É problema de quem exige que você faça o que não tem mais a menor vontade de fazer.

Conquiste o direito de não fazer aquilo que outros podem fazer em seu lugar!

(p/ Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon)

 

  Rosana Rossato

10714617_820098178040804_1649529288_n